DRA. RAISSA SOARES FAZ PRONUNCIAMENTO EM EVENTO DA PRESIDÉNCIA DA REPUBLICA, EM REDE NACIONAL


Ao lado do presidente Jair Bolsonaro, a Dra. Raissa Soares participa nesta segunda, feira, 24/8, da abertura do evento "Vencendo a Covid-19", em Brasília (DF), transmitido ao vivo pela TV Brasil https://tvbrasil.ebc.com.br/webtv. Dra. Raíssa representou a Bahia, ao lado de outros colegas médicos. "Dos fracos e covardes, a história não se lembrará", disse o Presidente. 

Médicos de todos os estados da União participaram do evento, representando os mais de 10 mil médicos do país que, desde o início, lutaram para que o tratamento precoce fosse feito com o uso da hidroxicloroquina, azitromicina, zinco, ivermectina e outros fármacos associados. Com isso, o Governo Federal conseguiu a evidência científica 2A, que comprova o protocolo precoce. Falta só a OMS publicar, o que deve ocorrer durante essa semana.

Confira no vídeo:


Valente, a Dra Raissa relatou a situação enfrentada por ela em Porto Seguro para implantar o Tratamento Precoce, a perseguição de autoridades, as ofensas por parte de nocolegas médicos e fez um apelo ao Brasil: "Não tenham medo de pedir o Tratamento precoce, nem de tomar as medicações prescritas. Elas são seguras, têm eficácia comprovada e podem salvar vidas". 

Dra. Raissa encerrou a sua participação pedindo um minuto de silêncio pelas 115 mil vidas perdidas no Brasil, pelas vidas dos que não tiveram a oportunidade de receber o tratamento no início dos sintomas. 

"A doença mata, sim! Não estamos minimizando o seu potencial mortal. Estamos dizendo que temos com frear o seu avanço e minimizar os estragos que ela causa no organismo das pessoas", disse a médica resonsável por salvar centenas de vidas, colocando Porto Seguro entre os municípios da Bahia com menor taxa de letalidade da doença, segundo estudo da UFSB, cujos resultados estão, sem dúvida, ligados diretamente ao traramento precoce.

Poderiam ser melhores, não fosse a resistência de profissionais médicos que atuam na rede SUS.

 

Postar um comentário

0 Comentários