MAIS UMA MORTE POR ATENDIMENTO INADEQUADO EM UPA COVID CHOCA REGIÃO (Veja vídeo)

O repórter Guilherme Santos vem insistentemente denunciando em seu canal do YouTube o atendimento, no mínimo negligente, encontrado por pacientes que procuram a Upa Covid em Porto Seguro (o Covidão), Upa Arraial ou o PA Trancoso. Aqui na redação do Fala Mara recebemos denúncias diárias. 

Veja o vídeo:



Não é mais possível que, diante do quadro grave de saúde enfrentado pela região, um profissional médico não entre em estado de alerta ao menor sinal de síndrome gripal e aplique imediatamente o protocolo para a doença adotado pelo município.  

Este blog junta a sua voz a outras que se levantam contra tamanha irresponsabilidade, levando embora mais de 90 mil brasileiros que tiveram suas vidas encurtadas de maneira abrupta, sem chance de defesa. 

Diante da tragédia, devemos nos calar?

Dante de uma pandemia desta proporção, não está na hora de começarmos também a questionar a soberania do médico, um servidor municipal,  sobre o tratamento a ser adotado, se temos publicado um protocolo oficial contra a doença?

Alertamos que, ao ignorar a síndrome gripal como um alerta e não pedir o teste, como preconiza o Protocolo Precoce,  o médico assume total responsabilidade sobre a vida ou a morte do paciente.

Respeitamos todos os médicos desta cidade  deste estado, deste país, a maioria deles profissionais dedicados  a recuperar e salvar vidas. 

Mas deixamos aqui o nosso pesar e o nosso protesto por aqueles que vêm contribuindo para encurtá-las, levando dor e sofrimento que poderiam ser evitados aos milhares de famílias que choram atordoadas a perda dos seus entes queridos, apenas para cumprir um  "protocolo ideológico", seguidores que são de doutrinas políticas e  chefes de estado ditadores que assumiram, neste episódio trágico para a humanidade, o papel divinatório de decidir sobre a vida.

Sinto dizer: médico não é Deus, governador não é Deus.

A morte do nosso amigo Zero deverá ser um marco para Porto Seguro, o dia em que a população se levanta para exigir o Tratamento Precoce em todas as unidades de Saúde do município.

Propomos que hoje seja o marco ZERO da negligência no atendimento da Covid-19 na Terra Brasilis.

Postar um comentário

0 Comentários