Cordélia discute projetos para a Agricultura Familiar em assentamento e no Ponto Maneca

Na tarde desta quarta-feira, 7, a candidata Cordélia (DEM) esteve em um assentamento, acompanhada do candidato a vereador Walas Torres (Republicanos).

Os moradores questionaram as promessas que foram feitas, mas que em 16 anos não foram cumpridas.

“O político se acostumou a fazer o mau uso do voto, impor o voto. Precisamos acabar com essa perseguição, dar liberdade de escolha”, declarou Cordélia.

Os prejuízos financeiros também foram citados e Cordélia garantiu um olhar diferenciado para a agricultura familiar e criação de um mercado para o produtor.

Em seguida a candidata esteve no Ponto Maneca para ouvir moradores e falar sobre suas propostas. 

Porrola (PCdoB) falou sobre o abandono do atual gestor: “o prefeito esqueceu completamente a zona rural. Os ônibus não vão buscar as crianças porque não tem estrada. Nós precisamos de um prefeito que respeite o povo, por isso estamos com Cordélia”.


Moradores se disseram cansados de ouvir promessas do atual prefeito e que querem a mudança. Os pontos de acesso e a agricultura familiar também fizeram parte do debate. 

“Sabemos que o distrito está abandonado, a zona rural está abandonada, mas não tem mistério. Precisamos trabalhar para trazer a mudança”, garantiu Cordélia.

Postar um comentário

0 Comentários