Dra. Raissa declara apoio a Jânio e Paulinho e vira alvo da imprensa comprada

A imprensa tendenciosa  voltou a falar da Dra. Raissa. Nunca do seu trabalho incansável e diuturno em  prol da vida. Antes, sempre dando um jeito de distorcer a realidade. De lançar dúvidas sobre a suas intenções, tentando assemelhá-la a si mesmos, como se isso fosse possível.

A verdade é que ter a Dra. Raissa como cabo eleitoral virou o sonho de consumo desta eleição. Todos os pleiteantes a um cargo de prefeito ou vereador gostariam de pegar uma carona na sua popularidade. Mais do que isso, na sua credibilidade.  Não conseguindo, acionam os arautos do Apocalipse para tentar lançar sombra sobre sua pessoa. 

Não terão sucesso, a sua luz é forte e não vem dos homens.

Como qualquer cidadã,  cidadão, ela tem direito a declarar apoio a quem lhe aprouver.

Ser cabo eleitoral de quem julgar merecedor.

De pedir a Porto Seguro que faça a melhor escolha para o seu futuro próximo e para o futuro da novas gerações.

Mas,  sobretudo,  a Dra. Raissa tem o direito de de ser grata à unica pessoa que levantou a voz, em alto e bom tom, para defende-la, quando foi afastada das suas funções de maneira arbitrária, quando foi perseguida por lutar pelo que acreditava, quando desafiou o "stablishment" para defender o direito à vida, para defender o direito a um tratamento justo para os sem recursos.

E é isso que ela está fazendo agora, quando coloca o seu nome para afiançar uma proposta de governo que, neste momento, representa a única esperança de uma Porto Seguro de fato nova, de fato livre da  nuvem negra da corrupção que paira sobre a sua história, encobrindo o sol e minando a sua alegria.




Postar um comentário

0 Comentários