Em Porto Seguro está na pauta social estimular o empreendedorismo a fim de promover o protagonismo juvenil no município

O Estatuto Nacional da Juventude, em sua política pública, embasa o estímulo à profissionalização, geração de trabalho e renda, bem como a inclusão e participação do jovem na sociedade.

Nesse sentido, a secretaria de Assistência Social tem elaborado projetos e buscado firmar parcerias e convênios para que, em breve, possa ofertar cursos de qualificação profissional e consultorias.  

Capital Social 

Programas estaduais e federais voltados às linhas de crédito para jovens que pensam iniciar seus próprios negócios também estão em estudo. A ideia é que liberações, com juros abaixo dos praticados no mercado, sejam oferecidas para jovens inscritos nos programas voltados ao empreendedorismo que a Secretaria de Assistência Social pretende lançar no município, tão logo firmadas as parcerias financeiras e de qualificação necessárias.  

Este projeto, assim que devidamente concluído, visa que jovens façam investimentos em negócios viáveis, mediante consultoria e capital social acessível.

 “O que será bom para a geração de trabalho e renda, bem como ao desenvolvimento econômico do município”, pontua o superintendente da Juventude, Samuel Novaes. 

“Dentro da legalidade, breve poderemos implementar projetos como este e outros, pois queremos incentivar o exercício da cidadania e o empoderamento do jovem empreendedor”, explica o secretário de Assistência Social, João Portela, mencionando a visão de desenvolvimento econômico alinhado ao social estabelecido pelo prefeito, Jânio Natal, para a Terra Mãe. 


Secom – Prefeitura de Porto Seguro/Secretaria Municipal de Assistência Social. 


Postar um comentário

0 Comentários