Prefeitura inicia entendimentos para instalação de poços artesianos, em Eunápolis

Secretária Eliane Meneses, Flamarion Matos do Meio Amniente e Neto Carletto (Juventude Progressista). Foto:Sucom

Uma reunião da secretaria municipal de Agricultura e Meio Ambiente ocorrida na última quinta-feira, 18, iniciou entendimentos sobre a instalação de poços artesianos na zona rural de Eunápolis. Com a presença da secretária Eliane Meneses e Flamarion Matos, do Meio Ambiente, além do presidente nacional da Juventude Progressistas (PP) Neto Carletto, o encontro foi o começo do projeto que pretende levar água para as regiões do Ponto Maneca e Gabiarra, além dos assentamentos 3 de Julho, Aristeu Carvalho e Miramar. 

A água é um bem precioso, todos afirmam, mas é hora de agir, disse a prefeita Cordélia Torres. “Não vamos medir esforços para firmar parcerias e extrair do próprio solo não só o alimento que abastece as zonas rural e urbana, mas também a água, por meio de poços artesianos”, completou.    

O objetivo de escavar poços artesianos é a captação de água de boa qualidade, sendo uma prática bastante utilizada, principalmente nas áreas rurais. Em muitos casos, é a única forma de abastecimento de água, tanto para uso doméstico, quanto para a criação de animais ou irrigação das plantações. O processo é simples e prevê a retirada da água, por meio de uma bomba, que é levada até um reservatório previamente instalado. Vale lembrar que poços clandestinos podem causar contaminações e graves problemas sanitários ao município, logo é preciso fazer uso legal da água, legalizando sempre esse direito de utilização. 

Sucom – Prefeitura de Eunápolis.

Postar um comentário

0 Comentários