Boletim Coronavírus Porto Seguro


Dados atualizados da Secretaria Municipal de Saúde de Porto Seguro

10/02/2021

Boletim Epidemiológico


Mapa da Vacina




A Prefeitura de Porto Seguro, através da Secretaria Municipal de Saúde, informa que no período de 14/03/2020 a 10/02/2021, foram 14.972 casos de COVID-19, sendo 5.457 confirmados e 9.515 suspeitos, classificados de acordo com a sintomatologia clínica.
 
Porto Seguro hoje tem 14.486 pessoas recuperadas, totalizando um percentual de 96,8% entre os suspeitos e confirmados de COVID-19, sendo 103 óbitos desde março/ 2020.

103º óbito: sexo masculino, 38 anos, sem comorbidades, residente no distrito de Arraial d’Ajuda.


Casos novos do dia: 65
Internados: 9

Vacinação: 4.116 pessoas vacinadas, entre 31 idosos institucionalizados, 2.039 profissionais de saúde que atuam na linha de frente da COVID-19 e demais profissionais da saúde (Agentes de Combate a Edemias, Fiscais da Vigilância Sanitária, profissionais de atendimento da Secretaria de Saúde). 352 idosos acima de 80 anos. 92 idosos acima de 90 anos e 1.602 Indígenas aldeados.


Total de leitos clínicos: 31
 
UPA Frei Calixto:  7 leitos
UPA Arraial d´Ajuda: 2 leitos
P.A Trancoso: 2 leitos
Hospital das Clínicas de Eunapolis: 20 leitos
 
Total de leitos UTI: 28
Hospital das Clínicas de Eunapolis: 20 leitos
Neuroccor : 08 leitos
 
Consideramos 374 casos em isolamento domiciliar, por meio de informação da vigilância epidemiológica do município, sendo casos monitorados com teste positivo acrescidos dos casos suspeitos do dia.
 
De acordo com o Ministério da Saúde (2020), o quadro clínico da COVID-19 é caracterizado inicialmente como uma síndrome gripal (SG), apresentando pelo menos dois (2) dos seguintes sinais e sintomas: febre (mesmo que referida), calafrios, dor de garganta, dor de cabeça, diarréia, mialgia, tosse, coriza, distúrbios olfativos ou gustativos, podendo ser diagnosticado através de investigação clínico-epidemiológica, além de uma correta anamnese e exame físico adequado ao paciente.
 
Os casos suspeitos e confirmados de COVID-19 podem ser classificados de acordo com os sinais e exames realizados sendo os critérios:
 
Clínico quando o paciente apresenta sinais clínicos típicos com síndrome gripal suspeita de COVID-19 (Ex: anosmia- perda de olfato e/ ou ageusia - perda do paladar).
 
Clinico-epidemiológico quando além de apresentar sinais clínicos compatíveis com síndrome gripal suspeita de COVID-19, o doente teve contato com caso confirmado.
 
Clinico-Imagem quando além de apresentar sinais clínicos compatíveis com síndrome gripal suspeita de COVID-19, tem imagem típica na tomografia computadorizada de tórax.
 
Laboratorial quando o doente com ou sem sintomas gripais, realiza algum exame para diagnóstico de COVID-19 tendo seu resultado positivo ou reagente.
 
Desde o dia 07/01/2021 o boletim epidemiológico municipal da COVID-19 foi atualizado incluindo novas informações substituindo a nomenclatura de Síndrome gripal e incluindo as várias formas de avaliação para incluir como casos suspeitos ou confirmados da COVID-19.